loading
facebook
youtube
instagram
Moleculare
From space to skin.
catalogo

“Mini bolas de futebol no espaço”. Assim, a molécula do Moleculare foi visualizada pela primeira vez pelos astrônomos que usavam o telescópio Spitzer da NASA. Os astrônomos que usaram o telescópio Spitzer da Nasa descobriram essas moléculas em forma de bolas de futebol nomeadas por eles na ocasião como buckyballs.

As moléculas esféricas de carbono ilustram o Moleculare como uma molécula composta inteiramente de carbono, na forma de uma esfera oca. As moléculas de Moleculare ocorrem na natureza.

A descoberta dessa molécula expandiu consideravelmente o número de alótropos de carbono conhecidos, antes somente limitados a grafite, diamante e carbono amorfo. Essa molécula tem sido objeto de pesquisas intensas, tanto por sua química exclusiva, quanto por suas aplicações tecnológicas, especialmente na ciência dos materiais e na nanotecnologia.

São grupos ocos de átomos de carbono com hidridação sp2. O Moleculare após ser visualizado no espaço foi sintetizado em laboratório a partir da vaporização do grafite usando laser Nd YAG por KROTO na Rice University nos Estados Unidos.

Uma estrutura de polígono com 60 vértices e 32 faces que se assemelha a uma bola de futebol é a estrutura que melhor descreve a configuração estável desses 60 átomos de carbono.

A partir da introdução da 1º nano-droga aprovada pelo FDA em 1995, a nanomedicina tem constantemente revolucionado os diagnósticos médicos e terapêuticos. Com o aumento das pesquisas dermatológicas, a indústria cosmética tem se beneficiado deste novo caminho e tem empregado nanomateriais inovadores incluindo as buckyballs conhecidas também como fulerenos.

O Moleculare é um dos nanomateriais que tem aplicações valiosas no campo da biomedicina. Ele apresenta capacidade antioxidante EXCEPCIONAL.

Receba nossa newsletter.

Rua Pedro Botelho de Rezende, 2427 - Jd. Burle MarxCEP 86047-780 - Londrina - Paraná Biodiversité © 2017. Todos os direitos reservados

+55 (43) 3029.0888 | +55 (43) 3315.0999